Marcas paulistanas que você deveria conhecer – Moda sem gênero

O mundo está muito mais complexo e diverso do que era há 10 anos. Uma das maiores transformações sociais que vimos recentemente é a queda das barreiras que dividem o masculino e o feminino. O feminismo luta de igual para igual por lugares em áreas que sempre foram dominadas por homens. O movimento LGBTQI+ ganhou várias letras que borram as linhas do arco-íris de gays e lésbicas. E nisso a moda se viu obrigada a rever seus conceitos.

Se as famosas fashion weeks sempre dividiram muito claramente os meninos de um lado e as meninas de outro, hoje esse discurso perdeu o sentido. Em 2018, roupa é só um monte de panos que colocamos sobre o corpo, e ela não define quem somos. Muito pelo contrário, nós é que damos sentido a elas, de acordo com o que somos, acreditamos e lutamos. Algumas grifes já começaram a apostas em uma nova moda genderless, ou sem gênero mesmo, mas que muitas vezes acaba caindo no cliché do minimalismo exagerado. Sorte a nossa que São Paulo está sempre se reinventando, e marcas locais enxergam que a moda sem gênero pode ir muito além de camisetões lisos. Quer ver?

FCKT

FCKT - marcas paulistanas sem gênero
FCKT – foto: Divulgação

Eu falei dos camisetões, mas nada contra, viu? O básico é bom justamente porque ele é o máximo da simplificação, e não tem quem não goste. Tanto é que foi assim que surgiu a FCKT. A partir de modelagens bem simples, tecidos lisos e cores sóbrias, a marca desenvolveu uma linha super moderna que serve em qualquer corpo. Calças, blusas, saias e bermudas misturam tecidos como linho e moletom. Mas os macacões longos ou curtos são, sem dúvida, as estrelas. Eles sempre tiveram o showroom no Bom Retiro, e recentemente abriram uma loja na Ouro Fino.

FCKT
Galeria Ouro Fino – Rua Augusta, 2690 loja 213
(11) 3062-2009
De terça a sábado, das 13h às 19h
Instagram

Synchron

Synchron - marcas paulistanas sem gênero
Synchron – fotos: Divulgação

Cores sóbrias, sim. Modelagens básicas, também. Mas simplicidade nenhuma. Quando o Enrico Paschoal saiu da TNG, onde produziu 10 desfiles no Fashion Rio e no SPFW, ele queria soltar as amarras das grandes grifes e montar sua própria marca. A Synchron surgiu como uma marca de moda masculina, mas suas criações são versáteis demais para se restringir assim. Tanto que as peças já foram vistas em celebridades como Alok e Gaby Amarantos. Os pretos, brancos e cinzas não ficam nada básicos com cortes a laser, bordados, franjas, transparências, e tecidos como linho e neoprene, tudo com produção 100% nacional. E a Synchron ainda também tem uma linha de moda esportiva.

Synchron
Alameda dos Tupiniquins, 669 – Moema
(11) 5058-3586
De segunda a sexta, das 14h às 19h
Instagram

Lucas Regal Boots & Belts

Lucas Regal Boots - marcas paulistanas de moda sem gênero
Lucas Regal Boots & Belts – foto: Divulgação

Tudo começou com com a criação dos bootbelts, aquelas tiras decoradas que você pode encaixar nas botas para dar uma renovada no visual. Aos poucos o Lucas, que criou e dá nome à marca, percebeu que para conseguir mostrar direito os acessórios, ele precisaria, bem… de botas! E assim ele desenvolveu uma pequena linha de calçados, aproveitando o know-how da família que está no ramo já há muito tempo no sul de Minas. Seus modelos têm inspiração forte do rock dos anos 60 e 70, e ícones fashion como David Bowie, Mick Jagger e Bob Dylan. Todas as peças são feitas manualmente, e a numeração vai do 35 ao 44, para ninguém ficar de fora. E a todas podem ser customizadas com as mais variadas cores e acabamentos de couro. Com o tempo, a coleção cresceu, e hoje ainda tem cintos e chokers, tudo sob encomenda. Você ainda pode ver por aí circulando com as Regal Boots gente do calibre de Pity, Johnny Hooker, Liniker e Karol Conká.

Lucas Regal Boots & Belts
Rua Peixoto Gomide, 1014 (apenas com agendamento)
(11) 98555-7677

Instagram

Corcel Shop

Corcel Shop - marcas paulistanas de moda sem gênero
Corcel Shop – foto: Divulgação

A relação íntima da bota com o universo da música é também a raiz da criação da Corcel Shop. A Marília Estevam é de Franca, o maior polo de produção de calçados do Brasil. E em uma temporada no México, ela usou todo seu repertório na criação de uma pequena marca de botas de cowboy moderninhas, que durou pouco tempo. O bom é que ela trouxe a ideia para cá e surgiu em São Paulo a Corcel, fazendo uma ótima mistura do rock com o country em peças que vão desde a mais simples ankleboot, até as mais elaboradas botas que sobem até a cintura. Lembra daquelas botas bafônicas cheias de estrelas que a Pablo Vittar usou no último Rock In Rio? São da Corcel! A numeração vai de 35 a 43, e as peças mais básicas tem estoque para pronta-entrega, mas as mais elaboradas são sob encomenda.

Corcel Shop
Showroom em Pinheiros (apenas com agendamento)

(11) 96202-1986
Instragram

Lapidação Azteca

Lapidação Azteca - marcas paulistanas de moda sem gênero
Lapidação Azteca – foto: Divulgação

Se a moda é genderless, os acessórios sempre tiveram mais facilidade de fluir entre os (vários) gêneros. E a Lapidação Azteca é um bom exemplo disso. O Claudio Opazo colocou em prática tudo que aprendeu com o pai, que trabalhava com fundição de cobre no Chile, para desenvolver colares, pulseiras, anéis e muito mais com um estilo bem particular. A ideia é quebrar com a tradição da joalheria de ascendência europeia, e desenvolver uma estética nativa latino-americana. O acabamento rústico nas peças de prata fazem cada peça, feita manualmente, ser totalmente única. Pedras como hematitas, esmeraldas, feldispatos, quartzos e jaspes viram pingentes exclusivos, das mais variadas cores. Ainda tem peças que latão, cobre, bronze, bambu, couro… a única certeza que se tem com as criações da Lapidação Azteca é que cada peça é única. A venda por enquanto é exclusivamente online.

Lapidação Azteca
(11) 99337-9131
Instagram

*Foto de destaque: Corcel Shop – Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *