Dia da Música Eletrônica em São Paulo: celebrando por uma semana

Em 2005 foi criado o “Dia Municipal da Música Eletrônica” pela vereadora Soninha Francine, mas ele nunca saiu do papel. A jornalista de música Claudia Assef foi convidada há alguns meses pela própria Soninha pra colocar a data no calendário da cidade. Nesse meio tempo estávamos (eu e a Clau) justamente começando a nossa nova empreitada, a Marfa, uma garagem criativa focada em projetos de música. Então por que não estrear o nosso negócio com um projeto lindo como esse? Então foi assim que abraçamos juntas o Dia da Música Eletrônica que virou uma semana de comemoração.


Estou aqui ao lado de pessoas incríveis numa correria louca para o projeto sair exatamente como foi idealizado. Ou seja, não fazer apenas uma festa, mas contar a história da cena da música eletrônica de São Paulo, gerar conversas, reflexões e, claro, deixando assim um legado. E é assim que ele sai do papel: ocupando lugares públicos, aberto pra todo mundo, gratuito e com uma programação bem extensa.
A primeira edição do “Dia da Música Eletrônica de São Paulo” acontece entre os dias 23 e 30 de setembro, com um line-up estrelado por mais de 30 DJs divididos em três festas: o Domingo Delas, que abre a programação no dia 23 somente com DJs mulheres dentro d’O Happening; a festa de abertura da Exposição 30 Anos de Música Eletrônica em São Paulo, no Tendal da Lapa, no dia 24; e, por fim, a festona São Paulo na Pista no dia 30, domingo, das 11 às 21h30 no Largo da Batata. O line-up histórico é formado pelos melhores e mais importantes DJs de São Paulo num recorte amplo e democrático que contempla ícones e expoentes da nova geração da cena. O nosso homenageado nessa festa toda é o DJ Mauro Borges, que foi um dos grandes responsáveis por tudo que rolou nesta cena nos últimos 30 anos.
Além das festas, a programação conta também com debates & workshops, uma mostra de cinema e a exposição de fotos. Vem comigo para conferir tudo que vai rolar.

Programação completa

23/09 (domingo): DOMINGO DELAS
12-20h – Rua Dr. Virgilio de Carvalho Pinto, altura nº 50

Badsista, um dos destaques da abertura do Dia da Música Eletrônica. Foto: divulgação facebook
Badsista, um dos destaques da abertura do Dia da Música Eletrônica. Foto: divulgação facebook

Festa de abertura dentro do Happening 3, evento que irá celebrar o aniversário do bairro de Pinheiros com o palco “DOMINGO DELAS”, trazendo Sonia Abreu como pioneira e mulheres DJ’s abrindo a semana da música eletrônica para celebrar sua importância e sua participação cada vez mais crescente na cena eletrônica nacional.
Line-up
12h – Sonia Abreu
13h – Ledah Martins
14h – Miria Alves
15h – Mari Rossi
16h – cortejo Ilú Obá de Mim (programação d’O Happening)
17h – Mari Mats
18h – Cinara Martins
19h – Badsista
24/09 (segunda-feira) Festa de Abertura | Exposição 30 anos de Música Eletrônica em São Paulo
18-22h – Tendal da Lapa – Rua Constança, 72 – Lapa (próximo ao Poupa Tempo)
Tenda, No Porn @Lamour - 11022017. Foto: André Ligeiro
Tenda, No Porn @Lamour – 11022017. Foto: André Ligeiro

Abertura da exposição 30 Anos de Música Eletrônica em São Paulo com fotos de diversos fotógrafos que registraram o crescimento e desenvolvimento da cena brasileira de 1987 até os dias hoje. Com curadoria de Claudia Assef e Lalai Persson, fotógrafos como Fabio Mergulhão, João Sal, André Ligeiro, Felipe Gabriel, Renata Chebel, Leandro Godói e João Sal, exibirão imagens históricas de seu acervo.
Line-up
18h – Andy
18h45 – Glaucia++ b2b Magal
19h30 – Julião
20h15 – Mau Mau
21h – Cashu
28/09 (sexta-feira) Debates: Você é o que faz a noite? + Workshops
CCSP – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Liberdade
L_cio ministrará um workshop sobre remix. Foto: I Hate Flash
L_cio ministrará um workshop sobre remix. Foto: I Hate Flash

Debate sobre a noite de uma forma aberta e honesta, trazendo a questão da redução de danos para a pauta, além de temas como a gentrificação e a ocupação do Centro. Convidados responsáveis por festas na noite de São Paulo e profissionais que atuam à frente de programas de redução de danos. Sendo três debates e dois workshops.
16h – Workshop: A História do DJ no Brasil com Claudia Assef
17h – Workshop: Como nasce um remix – por dentro das batidas de construção – por L_cio
18h – Debate: Redução de Danos com Ana Cristina (Respire.org), Gabriel Pedroza e Xampy Fontinhas. Mediação: Soninha Francine
19h – Debate:  Mulheres na Música Eletrônica com Luísa Puterman, Érica Alves e  Tati Pimont. Mediação: Monique Dardenne
20h -Debate: Como andam as ruas de São Paulo: Akin (Metanol), AugustoOlivani (Selvagem), Euvira (coletividade.NÁMÍBIÀ) e Suzana Haddad (Vampire Haus). Mediação de Francisco Raul Cornejo
29/09 (sábado) Mostra de Filmes de Música Eletrônica
14h-22h. Cine Olido – Av. São João, 473, Centro
FYA, doc sobre o dancehall nas quebradas.
FYA, doc sobre o dancehall nas quebradas.

Sessões de filmes que mostram a história da música eletrônica do Brasil com curadoria de Claudia Assef:
Filmes
14h00 – Xampy. Duração: 17 minutos
14h20 – FYA, documentário sobre o dancehall da quebrada de São Paulo. Duração: 11 minutos
14h35 – Corpo de Baile. Duração: 4 minutos
14h45 – Eu, o Vinil e o Resto do Mundo. Duração: 1h12
16h00 – São Paulo in Hi Fi. Duração: 1h20
17h30 – Osquestra Invisível e outros DJs pioneiros do Brasil. Duração: 1h27m
19h00 – 10 anos de Música Eletrônica no Brasil. Duração: 1h04
20h10 – Madame Satã: O Importante é ser eu e não outro. Duração: 37 minutos
20h50 – O que é nosso: Reclaiming the jungle – duração: 1h09
22h00 – encerramento
30/09 (domingo) São Paulo na Pista
11-22h – Largo da Batata – Pinheiros
Renato Cohen x Anderson Noise x Mau Mau no SP Na Pista, Dia da Música Eletrônica SP
Só destaque: Renato Cohen x Anderson Noise x Mau Mau tocam juntos no SP Na Pista

Encerramento das atividades da semana de música eletrônica culminando em uma grande festa no Dia Municipal da Música Eletrônica (4º domingo de setembro) com line-up representando 30 anos de história.
Line-up
11h – Osvaldo Pereira
11h45 – Kleber Barry
12h30 – Ana Flávia & Paula Chalup
13h15 – Gui Scott (Gop Tun)
14h – Trepanado (Selvagem)
14h45 – Phillipi (Fatnotronic/Deewee)
15h30 – Luiz Pareto
16h15 – Edu Corelli
17h – Renato Cohen x Noise x Mau Mau
17h45 – Amanda Mussi & Andrea Gram
18h30 – Mari Herzer
19h15 – Casal Belalugosi
20h – L_Cio
20h45 – Tessuto
Para acompanhar novidades, é só seguir o evento (mãe) no Facebook.
Esse evento não seria possível sem tantas (mas tantas) mãos que estão nos ajudando e não sei nem mesmo como agradecer. Além das marcas que estão apoiando como podem, temos a Lets Produções com uma equipe incrível que nos deixa tranquilas de que tudo dará certo; a Karol Pelissoni, que eu já mal sei como vivi sem ela nos meus projetos; o Estúdio Colletivo, estúdio que está fazendo toda a comunicação visual linda do evento; a Lia Braga, que é uma das pessoas por trás d’O Happening e está viabilizando nossa vida com o Truck Van; todos os Djs e artistas que toparam entrar nessa com a gente; e, claro, à Soninha Francine que criou essa data linda e está ajudando a viabilizá-la; e ao Ola (maridão) que está numa correria ajustando arte pra cá e pra lá. A lista de agradecimentos é longuíssima. Fazer um projeto desse porte não é para os fracos, porque a grana está bem curta e, mesmo assim, ele está acontecendo.
Espero todos vocês lá com a gente celebrando essa cena tão bonita e transformadora que é a da música eletrônica de São Paulo. Vai ser lindo!
*Foto capa: Festa Crew com Boys Noize, uma das festas que eu produzia quando eu não saía da pista.

2 thoughts on “Dia da Música Eletrônica em São Paulo: celebrando por uma semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *