Quaker® The Oatery, um espaço especializado em brunch e aveia

A moda dos brunches chegou a São Paulo já faz um bom tempo. Mas a maioria dos restaurantes que fazem brunch costumam servi-lo só nos fins de semana, e em horário restrito. A Quaker, marca americana famosa pela aveia, abriu na última semana um espaço temporário para preencher essa lacuna. O Quaker® The Oatery é um espaço gastronômico pop-up que vai servir brunch o dia inteiro, todos os dias.

Quaker the Oatery aveia
Mesas coletivas bem despojadas do The Oatery

A maior curiosidade do lugar é que ele é totalmente dedicado à aveia, como não poderia deixar de ser. O cardápio, assinado pela chef Morena Leite (do Capim Santo e do Santinho), tem mais de 20 pratos, todos eles usando o cereal na receita. Ela foi convidada pela empresa a participar da empreitada depois de postar um mingau de aveia em seu Instagram. E conta ainda que, na pesquisa para elaboração do menu, ela descobriu que a aveia, em seus vários formatos (grão, farelo, farinha), pode ser tão versátil quanto o trigo ou a tapioca.

Os pratos do cardápio podem servir tanto para o café-da-manhã, um almoço mais substancioso, quanto para um lanche de fim de tarde. Entre as receitas estão o próprio mingau de aveia com banana ouro brûlée, um delicioso crepe de aveia com trio de queijos – apelidado carinhosamente de ‘aveioca‘ – e pratos mais elaborados como o robalo marinado na beterraba com crosta de aveia e o ravioli de aveia com mussarela de búfala e molho de tomate rústico. A aveia também aparece substituindo ingredientes mais comuns na massa da quiche e do muffin, no pão da bruschetta, na tortinha de baba de moça, e até no leite do capuccino. É o paraíso para quem faz dieta com baixo consumo de glúten.

Quaker The Oatery aveia
Quem disse que só existe um tipo de aveia?

O The Oatery se divide em quatro espaços com características diferentes. O Lounge é o salão principal, onde funciona efetivamente o restaurante. O Café  serve apenas beliscos rápidos que podem ser consumidos lá ou levados para viagem. O Market é um corner com produtos da marca Quaker, que vão desde as aveias em diferentes formatos até louças, aventais, latas e peças decorativas. E o Rooftop, no segundo andar, é uma bela varanda debruçada sobre a Oscar Freire, para quem quer entrar no clima do brunch, seja a hora que for.

Quaker The Oatery
O Rooftop do The Oatery é ótimo para tomar um brunch bem demorado

A aveia é um cereal que faz parte das refeições humanas há milhares de anos, e até hoje mantém o status de base de cadeia alimentar em muitos países. É um alimento que traz uma sensação de saciedade rápida, mesmo sendo leve, e tem digestão lenta mas fácil. Além de ser rica em fibras, o que ajuda o funcionamento do intestino, ainda está associada a controle de peso, ganho de massa muscular, redução do colesterol, prevenção de diabetes, entre tantos outros benefícios.

No The Oatery, o público pode se esbaldar de comer sa delícias da Morena, conhecer mais sobre a história da aveia Quaker, que começou em 1877, e também aproveitar os cursos para aprender algumas receitas para fazer em casa. A princípio, a ideia da Quaker é manter o The Oatery aberta até 23 de dezembro. Mas dependendo do sucesso, pode ser o prazo se estenda.

Corner de produtos da Quaker
Corner de produtos da Quaker no Market

Quaker® The Oatery
Rua Oscar Freire, 565 – Jardins
Segunda a quinta, das 9h às 19h. Sexta e sábado, das 9h às 21h. Domingos e feriados, das 9h às 17h.
Até 23 de dezembro


UPDATE: Conforme alguns leitores apontaram, as receitas com aveia Quaker não são indicadas para intolerantes a glúten e celíacos. A aveia é um cereal que possui a proteína avenina no lugar do glúten. Ela é similar ao glúten, mas não costuma causar a mesma reação inflamatória no organismo dos celíacos. Contudo, no Brasil a aveia é armazenada, processada e transportada junto com o trigo, e por isso apresenta traços de glúten por contaminação cruzada. Dessa forma, ela não é considerada segura para quem tem intolerância à proteína, mas pode ser uma boa alternativa para quem faz dieta com restrição de glúten por opção.

Renato Salles

Paulistano da gema e da clara, conhece o mapa de São Paulo melhor que muito taxista (mas foge do trânsito como da cruz!)

16 thoughts on “Quaker® The Oatery, um espaço especializado em brunch e aveia

    1. Olá Tha,
      Como disse em outros comentários, já colocamos uma correção no texto para que não haja mais mal-entendidos. Obrigado!

  1. As aveias Quaker contém glúten. Eles rotulam nas embalagens inclusive. Esta errada a informação que será o paraíso de intolerantes à proteína, as pessoas que fazem restrição ao glúten por motivos de saúde (alergia ou doença celíaca) não terão segurança alguma ao se alimentar nesse local.

  2. Boa Tarde, infelizmente há um equívoco nesse texto. Jamais será o paraíso dos intolerantes ao glúten, primeiro pois não existe o diagnóstico de intolerante, somente celíacos, sensiveis não celíacos e alérgicos, e segundo que a aveia da Quaker é contaminada e contém glúten no produto final, sendo totalmente contra indicada a nós celíacos. E ainda que fosse 100% glúten free, que não é o caso, 8 % dos celíacos reagem ao glúten da aveia, a avenina.

    Aveia sem glúten no Brasil precisa de certificação e são poucas as marcas disponíveis e seguras pros “intolerantes ao glúten” 🙂

        1. Aliás Renato, fica ai uma sugestão de matéria: Paraíso dos celíacos em Sp, conheça os 10 lugares SEGUROS pra se comer se vc tem restrições alimentares ❤ ehhehe

          Ou os 10 melhores lugares pra se fazer comprar de alimentos pra quem tem restrições. eu por ex to no Paraná mas tenho meu top5 cada vez que vou a sp..a mala vem cheia e eu feliz!

    1. Olá Laila,
      Na verdade aveia não tem glúten em sua composição. O que acontece é que ela é processada, armazenada e transportada junto com outros cereais, o que causa uma contaminação cruzada. Já publicamos uma correção para não haver mais confusão.

  3. ” É o paraíso para os intolerantes a glúten” ???? Mas aveia CONTÉM GLÚTEN !!!!
    Socorro, corrige aí antes que matem alguém ! A coisa é séria !!! Sou Celíaca e sei o que estou falando.
    Espero que este não seja o “mote” da divulgação… aff!!

    1. Olá Luciana,
      Já colocamos uma correção, com um texto explicativo sobre o problema da contaminação cruzada. A Quaker e o espaço não falam sobre a questão do glúten na divulgação do espaço. Essa foi uma interpretação equivocada minha, e peço desculpas pelo mal entendido.

  4. “…É o paraíso para os intolerantes ao glúten”.
    Como assim??
    Essa aveia é certificada?
    Se não for, melhor estudar um pouco mais sobre o assunto e, corrigir o texto.

    1. Olá Ivone, você tem razão. A aveia da Quaker não é certificada contra contaminação cruzada a glúten, por isso não é segura para celíacos. Já colocamos uma correção no texto para não haver mais problemas. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *