Laut, um vegano crudívoro na Augusta

Já faz algum tempo que escuto sobre dieta crudívora, ou seja, uma dieta que elimina produtos industrializados ou qualquer alimento que seja cozido acima de 42 graus. A vantagem desse tipo de alimentação, segundo seus seguidores, é que não há perda de nutrientes nos alimentos no cozimento. Além disso, com a germinação (deixar previamente o alimento em água por oito horas, depois mais oito horas em descanso), melhora-se a digestão, já que alguns fatores que a atrapalham são eliminados no processo. Uma pessoa adepta a uma dieta crudívora não precisa ser necessariamente vegana, mas a grande maioria é.
Viajando por aí, já vi alguns restaurantes especializados em alimentos crus. Mas aqui em São Paulo o único que conhecia – e ainda não fui experimentar – é o Casa Raw, que, nas suas 3 opções diárias, sempre tem uma crua. Isso até o Laut abrir em dezembro do ano passado.

Laut Gastronomia. Foto: Dani Valentin
Laut Gastronomia. Foto: Dani Valentin

O lugar fica escondidinho – podia muito bem entrar na nossa lista de cantinhos surpresas da região -, no final da Galeria Augusta Shops, a mesma que tem o Tollocos e o Soul Café, a um quarteirão da Paulista. O lugar é pequeno, com algumas poucas mesas do lado de fora e uma bancadinha dentro. Ali, alguns produtos são vendidos, como chips de couve ou granola. Além de almoçar por ali, é possível dar um pulinho à tarde para um café e um doce.
Laut Gastronomia. Foto: Dani Valentin
Laut Gastronomia. Foto: Dani Valentin

Mas voltando ao almoço: todos os dias, em torno das 11 da manhã, o cardápio do dia é anunciado no Instagram ou no Facebook. Ele é sempre composto por uma entrada, prato principal, sobremesa e, junto com o suco do dia, custa 50 reais. É legal notar que apesar de usar nomes como risoto, moqueca e lasanha, esses pratos não vão ser aquilo que você espera quando ouve essas palavras. Tudo é extremamente saboroso e a diferença de texturas é uma coisa muito interessante.
Laut Gastronomia. Foto: Dani Valentin
Laut Gastronomia. Foto: Dani Valentin

Quando fui lá, a entrada foi um caruru feito com quiabo, castanha de caju, avelã, azeite de dendê, coentro e caiena. O prato principal foi um risoto de quinoa e a sobremesa foi um especial festa junina, com doce de abóbora, curau, cone de castanhas, goiabada e paçoca. O que me impressionou muito no Laut é que os pratos são extremamente complexos, e que a combinação de ingredientes é super na mosca. O nome condiz com a comida: Laut em alemão significa “som alto”, e é o que você encontra no prato, sabores com personalidade, cores vivas e uma variedade de texturas incrível. Nada por ali é sonso e sem graça.
Laut Gastronomia
Rua Augusta, 1524, loja 48 – Consolação
Das 9h às 18h
R$ 50 o almoço completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *