Cinco festivais de música para curtir em São Paulo

O Brasil está com uma lista de festivais daquelas que a gente sempre quis ter. Tem para todos os gostos, de norte a sul do país, praticamente com algo acontecendo a qualquer mês do ano. E a gente comemora. Quanto mais show melhor, quanto mais festivais de música, melhor.
Só neste último feriado São Paulo abrigou três festivais, um deles, o In-Edit Brasil, rolando até 25 de junho. Você pode reclamar que o In-Edit não é um festival de música. Mas vamos lá… quem ama música provavelmente ama o In-Edit, afinal o festival é dedicado a documentários sobre música. Então, se ainda não conferiu a programação, vale a pena dar uma espiada, porque a lista de filmes apresentados está de virar os olhos. Ok, mas e os festivais de música? Vamos a eles, pois este próximo semestre de 2017 promete ser bem musical e agitado.

Dia da Música


O Dia da Música chega na sua terceira edição acontecendo em 22 estados brasileiros, 45 cidades, mais de 70 palcos e 370 shows gratuitos. Em São Paulo serão cerca de cem shows de bandas como Garotas Suecas, Rimas e Melodias, Mombojó, Ludovic, Nuvem, em palcos do Largo da Batata à Casa do Mancha, da Passagem Literária da Consolação ao Breve, só para citar alguns. A Associação Cecília, no centro de SP, fez parceria com o Sêla em um palco exclusivamente com mulheres. Nele se apresentam Brisa Flow, Marcelle, Marina Melo, entre outras.
Dia da Música
24 de junho
Diversos locais. Gratuito.

Contrapedal


O uruguaio Contrapedal tem dez anos de história e desembarca pela primeira vez em São Paulo, em julho. O festival explora diferentes linguagens, como cinema, música, artes visuais e gastronomia, tendo a produção da América Latina como foco. O Contrapedal acontecerá em dois dias e terá sua programação dividida em dois locais: o Centro Cultural São Paulo e o Centro Cultural Rio Verde. Jaloo, Linn da Quebrada (Brasil), Mateo Kingman (Equador), Franny Glass (Uruguai) e Miss Garrison (Chile) são alguns dos nomes que marcam presença. Paralelamente acontecem o Jardim Secreto e Feira Gastronômica.
Contrapedal
8 e 9 de julho

CCSP e Centro Cultural Rio Verde

Coala Festival


Coala Festival tem uma programação dedicada à nova música popular brasileira, não deixando nada a desejar com seu line-up sempre caprichado. Caetano Veloso, Emicida, Tulipa Ruiz, Fióti e Rael, Liniker e os Caramelows, Rincon Sapiciência e Aíla são os nomes confirmados para sua quarta edição.
Coala Festival
12 de agosto
Memorial América Latina

FIME


A música experimental ganha cada vez mais espaço aqui e no mundo. O FIME – Festival de Música Experimental – apresenta a música experimental em todo o seu âmbito. Ruídos, silêncio, performance e experimentações inimagináveis fazem parte da programação. Quem tem ouvidos curiosos e gosta de sair do óbvio, pode cair nele sem medo. Os artistas que tocam são escolhidos através de chamada de propostas, deixando o festival ainda mais democrático. Quer entender melhor do que se trata? Confira o que rolou em 2016 aqui. A programação 2017 ainda não saiu, então para saber o que vai rolar é só seguir a página do festival no facebook. Quem curtir a proposta, recomendo também seguir o Festival de Música Estranha, que acontece no fim de novembro.
FIME – Festival de Música Experimental
10 a 19 de novembro
Diversos locais (a confirmar)

Popload Festival


O Popload Festival a cada ano dá um novo passo, incrementa ainda mais o line-up e cresce um pouquinho. A parte boa é que ele ainda tem o tamanho ideal para nos deixar ali tête-à-tête com os artistas que tocam nossos corações. Em 2017 ele rola em novo local, no Memorial da América Latina, e traz uma programação arrebatadora. PJ Harvey, Phoenix, Daughter, Neon Indian e Carne Doce foram os convidados para esta edição. Vale a pena também lembrar que no dia 29 de novembro rola show do Sigur Rós, dentro do Popload Gig, que é quase um show extra do festival pra gente matar as saudades enquanto aguardamos a edição do próximo ano.
Popload Festival
15 de novembro
Memorial América Latina

*Foto destaque: PJ Harvey por Peter Cauberghs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *