De portas fechadas: Jantar secreto em São Paulo

Ao redor do mundo os restaurantes a portas fechadas ganham popularidade: pequenos, exclusivos, prometem experiência em vez de badalação. Speakeasy, closed doors, pop up restaurants: de galerias a barbearias podem virar restaurantes de uma hora para outra. São Paulo não está atrás nessa onda. Reunindo pessoas estranhas ao redor de uma mesa para celebrar o que une a todos nós: a comida. De portas fechadas será uma série aqui no blog falando sobre esses locais escondidos pela cidade.

Gustavo | Jantares secretos | Foto: Vanessa M.
Jantares Secretos, Chef Gustavo. Foto: Vanessa M.

Começando nossa série trazemos os jantares secretos pelo evento homônimo. Criado pelo talentoso e rigoroso chef Gustavo Rigueiral e a cativante jornalista gastronômica Larissa Januário,  o Jantar Secreto é uma série de eventos envoltos em mistério, onde tudo é uma surpresa. Os comensais só descobrem o que vão comer à mesa na hora do evento. Sempre inédito e criativo, o menu é feito a partir de ingredientes da época, respeitando as restrições alimentares dos participantes informadas previamente.

Entrada Mandioquinha, pupunha e chocolate | Vanessa M.
Entrada Mandioquinha, pupunha e chocolate. Foto: Vanessa M.

Recebi um dia antes o local do evento com a única informação de que seria na Vila Mariana. Foi na própria casa deles, mas poderia ser um estúdio fotográfico, um jardim, uma biblioteca ou até uma garagem – Larissa explicou. Na casa, vinhos escolhidos a dedo harmonizavam com o tema do dia: Memórias afetivas.

Jantar Secreto | Vanessa M.
Broa com polvo – Jantar Secreto. Foto: Vanessa M.

Gustavo faz da broa de fubá que vai na entrada com polvo, que lembra a infância com sua vó. O chef conhece cada fornecedor pelo nome, e faz questão de preparar o peixe, a alternativa que solicitei à carne, horas depois de chegar em casa. Essa é uma memória de quando morava em Santos. Larissa está sempre atenta se até o mais exigente paladar está satisfeito, e mais: se todos estão participando da conversa.

larissa1cordeiro-grelhado-com-manteiga-de-pequi-e-salada-de-maxixe-tomatinhos-folhas-jovens-de-beterraba-e-lima%cc%83o-cravo-jantarsecreto

larissa2-cordeiro-grelhado-com-manteiga-de-pequi-e-salada-de-maxixe-tomatinhos-folhas-jovens-de-beterraba-e-lima%cc%83o-cravo-jantarsecreto

larissa3http-semmedida-comreceitasreceita-raviolone-de-curcuma-recheado-de-frango-assado

O próprio chef senta à mesa ao final, dando aquele gostinho de boa comida na casa do amigo. Receber em casa e levar sua cozinha autoral ao fogão do outro, para o chef, foi a forma de se manter conectado com os convidados, sem perder a conexão com os presentes, nem com a natureza. Sim: há a preocupação sempre da comida ser da época, local, e o mais “real” possível.

Ambiente descontraído e informal | Jantar secreto | Vanessa M.
Ambiente descontraído e informal no Jantar Secreto. Foto: Vanessa M.

No fim, ainda levamos para casa um ketchup feito em casa: para derreter o coração (além do estômago).

Tortinha de banana | Jantar secreto | Vanessa M.
Tortinha de banana, Jantar secreto. Foto: Vanessa M.

É possível levar o chef para casa, para sua empresa, ou combinar com ele aquele evento todo especial que só passou pela sua cabeça.

Para saber dos jantares abertos:

Escrever para jantares.secretos@gmail.com pedindo para entrar no mailing. Eles também publicam na página do Facebook e Instagram

Para contratar jantares fechados exclusivos também é só escrever para eles por email. Os preços variam conforme o tamanho do jantar (número de participantes, se incluirá harmonização, escolha do local e tipo do menu). Eles garantem que podem ir do alfinete ao foguete, Tudo depende do briefing do cliente.

O preço é a partir de R$ 150.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *