O céu azul de Yoko Ono, no Instituto Tomie Ohtake

Yoko Ono é uma artista de mão cheia. Ela sabe ser poética, sutil e provocativa ao mesmo tempo. Nascida em Tóquio, no Japão, Yoko morou em diversos países, se estabelecendo em Nova York anos depois para estudar artes no Sarah Lawrence College e dando os primeiros passos da sua vida artística por ali. Foi, aliás, em Nova York que ela se associou ao Fluxus, um grupo de artistas avant garde, considerado o mais experimental e radical dos anos 60.

Foto: Renato Salles
Foto: Renato Salles
Foto: Renato Salles
Foto: Renato Salles

Na exposição O céu ainda é azul, você sabe… , inaugurada no último sábado no Instituto Tomie Ohtake, é possível ver obras produzidas nas últimas 6 décadas pela artista e entender toda a sua importância. A exposição é extremamente interativa e combina bem com o estilo de Yoko de criar uma nova relação com o espectador, sempre convidando o mesmo a ter participação ativa em sua produção. Aqui encontramos de tudo: carimbamos o mundo pedindo paz, penduramos pedidos em uma árvore de desejo e levamos um pedaço de céu para casa como recordação.

Foto: Renato Salles
Foto: Renato Salles
Foto: Renato Salles
Foto: Renato Salles

Mas uma das coisas mais legais da exposição é como ela se adapta à realidade brasileira – e talvez de qualquer lugar onde ela é apresentada – com pequenas modificações. Na instalação Pieces of Sky, onde você encontra peças de quebra-cabeças dentro de capacetes, eles usaram peças da ROTA no lugar de capacetes do exército. Em War is over (If you want to), montinhos de terra relembram conflitos do nosso passado, como Canudos. Isso sem falar no resultado da chamada aberta que ela fez, convidando mulheres a mandar relatos de abuso – de qualquer tipo – com uma foto somente de seus olhos. O resultado são dezenas de relatos fortes e impactantes, para você gastar horas ali lendo.

Como se a exposição não fosse o suficiente, o Instituto Tomie Ohtake propõe ainda diversas atividades para os interessados: tem visitas guiadas, contadores de história para crianças, conversas com pessoas de diversas áreas. Para ter mais informações, ou reservar, acesse o site ou ligue para 2245-1937.

O céu ainda é azul, você sabe…
Tomie Ohtake. Av. Faria Lima, 201 – Pinheiros
Até 28 de maio, de terça a domingo, das 11h às 20h
Ingressos: R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). É possível comprar ingresso antecipado aqui.

* Fomos conhecer a exposição com o Tour Bradesco. Foto de capa: Renato Salles

Dani Valentin

Campineira que adotou São Paulo como cidade do coração. Botequeira e vegetariana, ela ama histórias curiosas e obscuras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *