Onde os chefs comem

A gente sempre se perguntou o que os chefs comem. Depois de passar o dia inteiro selecionando ingredientes, cortando, cozinhando, servindo e lidando com comida de todos os jeitos, só um prato muito especial deve conquistá-los. Então resolvemos ir atrás! Falamos com cinco chefs de estilos bem diversos de São Paulo pra saber os seus lugares do coração, aqueles cantinhos onde eles adoram ir quando não aguentam mais a própria comida.

Checho Gonzalez (Comedoria Gonzales)

checho
Foto: Arquivo pessoal

Capivara

Gosto muito do Capivara na Barra Funda, um lugar despretensioso, bem simples, mas com uma comida excepcional. Realmente bem feita, como se fosse alta gastronomia em boteco.
Capivara. Rua Doutor Ribeiro de Almeida, 157, Barra Funda
Os dias e horários variam, acompanhe a página no Facebook para saber as datas e menu

Jesuíno Brilhante

Também gosto muito do Jesuíno Brilhante e seus sabores redondos. Pegada nordestina, não parece um restaurante, parece que estamos visitando a casa de um amigo.
Jesuíno Brilhante. Rua Arruda Alvim, 180, Pinheiros
Segunda a sábado das 12h às 15h

Conceição Discos

O lugar que mais frequento é o Conceição Discos. A música é de primeira linha, acompanha muito bem os arrozes que são a especialidade da casa
Conceição Discos. Rua Imaculada Conceição, 151, Santa Cecília
Terça a sábado das 10h às 21h

Danilo Gozetto (Solo Cozinha & Bar)

danilo
Foto: Ligia Skowronski

Chou

Gosto de comer no Chou por conta da cozinha simples, com ótimos ingredientes, preparados na parrilla, mesclando sabores e texturas. Ambiente muito agradável e preço justo.
Chou. Rua Mateus Grou, 345, Pinheiros
Terça a quinta, das 20h às 23h45, sexta e sábado das 19h às 0h30

Taberna da Esquina

Gosto muito da Taberna da Esquina. A casa do chef português Vitor Sobral, do já conhecido e excelente Tasca da Esquina, tem mais opções de entradas para compartilhar enquanto tomamos um bom vinho português. Combinações de sabores excelentes e execução dos pratos impecável.
Taberna da Esquina. Rua Bandeira Paulista, 812, Itaim
Terça a quinta das 12h às 15h e das 19h às 23h30, sexta e sábado das 12h às 15h e das 19h à 0h. Domingo das 12h às 17h

Martín Fierro

Outro que gosto muito é o Martín Fierro, casa argentina autêntica há quase 40 anos na Vila Madalena, comida farta, cortes de carne clássicos e de boa qualidade. Ótimas empanadas, ambiente simples e serviço atencioso. Destaque para carta de vinhos.
Martín Fierro. Rua Aspicuelta, 683, Vila Madalena
Segunda a domingo das 12h às 23h

Mariana Gilbertoni (Z Carniceria e Drive-In)

mariana
Foto: Arquivo pessoal

Teus

Recém inaugurado, o Teus já está no meu top 5. É uma mistura de bar e restaurante, localizado em Pinheiros. Comida excelente com base espanhola. Ótimos drinks. O tipo de comida que gosto de fazer e amo comer.
Teus. Rua Natingui, 1548, Pinheiros
Terça a sexta das 12h às 15h e das 19h às 23h, sexta das 12h às 15h e das 19h às 23h30, sábados das 12h às 17h e das 19h às 23h30 e aos domingos das 12h às 17h.

Jesuíno Brilhante

Jesuíno Brilhante é restaurante nordestino com comida simples e honesta. Ótima opção para almoço em Pinheiros.
Jesuíno Brilhante. Rua Arruda Alvim, 180, Pinheiros
Segunda a sábado das 12h às 15h

Chou

Meu lugar preferido de toda São Paulo é o Chou. Pratos simples preparados no forno a lenha, executados com perfeição. Ambiente super aconchegante.
Chou. Rua Mateus Grou, 345, Pinheiros
Terça a quinta, das 20h às 23h45, sexta e sábado das 19h às 0h30

Tomás Penafiel, chef de eventos

tomas
Foto: Arquivo Pessoal

Underdog

Como bom argentino, não resisto uma carne mal passada, chumichurri e tábua de madeira, servidos perfeitamente no Underdog.
Underdog. R. João Moura, 541, Pinheiros
Terça a sábado, das 12h ás 15h30 e das 18h30 às 23h

Tiquim

O Tiquim tem excelentes petiscos e cerveja com bom preço, não precisa falar mais nada.
Tiquim. Rua Cayowaá, 1301, Sumaré
Segunda a sábado, das 12h às 23h, domingo das 13h às 21h

Projeto Alberto Seabra 1128

O Projeto Alberto Seabra 1128 é um lugar ótimo para almoçar. O pessoal de lá vai quase todo dia no Ceagesp, olha o que tem de bom e assim nascem os pratos. Além disso, ainda fazem cerveja artesanal.
Projeto Alberto Seabra 1128. Rua Japuanga, 38, Vila Ida
Horários sob consulta no telefone (11) 99609-9086 ou pela página no Facebook

Bruno Alves (Kød)

bruno-alves
Foto: Arquivo pessoal

Sushi Ya

O Sushi Ya está fora do hype dos japoneses mas com preço honesto, peixes frescos, sabores mais tradicionais. Sente no balcão, peça niguiri de sardinha e de buri.
Sushi Ya. Praça Benedito Calixto, 54, Pinheiros
Segunda a sexta, das 12h às 14h30 e das 18h30 às 22h e sábados das 12h às 22h

Rota do Acarajé

Quando bate vontade de comer quiabo, moqueca, bolo de manteiga de garrafa, só tem um lugar pra ir, o Rota do Acarajé.
Rota do Acarajé. Rua Martim Francisco, 529/530, Santa Cecília
Terça a sábado das 12h às 0h30 e domingo das 12h às 19h30

Boca de Ouro

Quando a ideia é comer e tomar algo depois que o restaurante fecha, corro pro Boca de Ouro. Idealmente peço o especial do dia – se não estiver esgotado.
Boca de Ouro. Rua Cônego Eugênio Leite, 1121, Pinheiros
Segunda a quarta das 18h à 0h, quinta a sábado das 18h às 2h

Foto de capa: Jesuíno Brilhante por @tavapassandoSave

Save

Save

Save

Save

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *