Cursos em São Paulo para inspirar – volume 4

E lá se vai mais um ano. 2016 passou correndo, atormentou um pouco, deu algumas alegrias e outros medos. Fácil? Não foi para a maioria, mas que tal começar a se inspirar para 2017? E cursos são algumas das melhores pedidas. Como já cansamos de falar, não faltam bons cursos, cursos tradicionais, cursos fora da curva, curso sobre coisas que a gente sequer sabe o que é, cursos para relembrar o que esquecemos, cursos para descobrir um mundo novo. E, quem sabe, até um caminho novo a ser trilhado. Por isso gostamos tanto deles.

Selecionamos alguns que adoraríamos fazer se sobrasse um tempinho por aqui. Vamos lá:

Aprenda a fazer seu sabonete e shampoo

lookbook-03

Cada vez mais vejo minhas amigas produzindo seus próprios cosméticos. E o mais bacana é ver o resultado disso: cabelo com mais brilho, pele mais bonita além, claro, da alegria de estar se livrando de produtos tóxicos, que agridem a natureza e o nosso corpo. Some-se a isso tudo a economia, afinal o consumo de cosméticos leva uma boa parte do nosso orçamento mensal. A Lá do Mato tem um monte de cursos que ensinam a gente a produzir nossos próprios produtos, incluindo batom. Selecionei o de sabonete e shampoo, mas vale dar uma olhada no site deles, pois dá vontade de fazer todos.

Oficina dupla de Shampoo e Sabonete
Dia 09 de Novembro, das 19 às 20h
Loja Além. Rua Francisco Leitão, 741, Pinheiros
Custo: R$ 120 incluindo o material

Minicurso Abecedário: uma introdução à filosofia

gilles_deleuze_2_h

O curso “Abecedário: uma introdução à filosofia” é uma parceria do Le Monde, Aliança Francesa e Reserva Cultural e será ministrado pelos professores Ana Beatriz Antunes e Luame Cerqueira. Eles vão promover uma conversa com o filósofo contemporâneo Gilles Deleuze, fazendo uma introdução ao seu pensamento e acompanhando as ressonâncias com outros pensadores (Nietzsche, Spinoza, etc), bem como com a arte e a ciência. O curso parte do vídeo de Deleuze intitulado “Abecedário”. 

Abecedário: uma introdução à filosofia
Dia 19 de Novembro, das 14 às 18h
Teatro Aliança Francesa – Rua General Jardim, 182 – Vila Buarque
Custo: R$ 185 e R$ 155 (com desconto para professores e estudantes)

Lucia Santaella e Daniela Bousso: 32ª Bienal

"Naturalizar o homem, humanizar a natureza, ou Energia vegetal" de Víctor Grippo
“Naturalizar o homem, humanizar a natureza, ou Energia vegetal” de Víctor Grippo

A ótima revista seLEcT agora organiza cursos. E, claro, os assuntos são todos em volta de arte. Entre a programação prevista, selecionamos o encontro com a teórica Lucia Santaella, que é uma pessoa incrível de ouvir, e a crítica e curadora Daniela Bousso. Foi na 32ª Bienal, boiou e ficou curioso para entendê-la? Ou teve vários insights e agora precisa discuti–los? Serão quatro encontros sobre arte contemporânea com discussões focadas na 32ª Bienal de São Paulo, “Incerteza Viva”, apresentando uma visão crítica da mostra.

Lucia Santaella e Daniela Bousso: 32ª Bienal
Dias 23 e 30 de Novembro, 7 e 8 de Dezembro, das 17 às 19h30
Rua Itaquera, 423, Pacaembú

Custo: R$ 700
Obs: A realização do curso estará sujeita a uma turma mínima de 10 alunos

Jornalismo e Literatura

Foto: Sandis Helvigs / unsplash.com
Foto: Sandis Helvigs / unsplash.com

Jornalismo e Literatura discutirá os caminhos do jornalismo literário e os diálogos estabelecidos entre o jornalismo e a literatura. Serão cinco encontros, abrindo com uma discussão acerca do jornalismo literário, que nasceu como New Journalism, nos anos 1960, e deu bastante pano para a manga. Tem ainda “Futebol e literatura no Brasil”, “A grande viagem através das guerras”, “Entre a informação e a criação, o amor pela palavra justa” e o encerramento com “Jornalismo e Literatura, custos, benefícios, encontros e desencontros”. Entre os palestrantes tem Juca Kfouri, Audálio Dantas, Carlos Moraes, Adriana Carranca e Luiz Fernando Emediato.

Jornalismo e Literatura
De 21 a 25 de Novembro, das 19 às 22h
Centro de Pesquisa e Formação. Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar, Bela Vista
Custo: R$ 18 a R$ 60

Cultura Global e Cosmopolitismo Estético

Foto: Vita Vilcina / unsplash.com
Foto: Vita Vilcina / unsplash.com

A Conferência Internacional “Cultura Global e Cosmopolitismo Estético” vai discutir os significados da globalização cultural e as suas consequências cosmopolitas. A agenda está bem bacana para quem se interessa por “consumo cultural”. Serão quatro dias discutindo política cultural, consumo cultural, música e discos de vinil, palestras sobre Cosmopolitismo Estético e Música, marcas e estilos de vida, alimentos e práticas de consumo, cidadania e imigração. A conferência é uma parceria entre Ministério da Cultura e Comunicação da França, ESPM, Sesc e ainda tem apoio do Consulado de Israel, ou seja, tem um monte de gente bacana, daqui e lá de fora, na agenda. E o melhor, é gratuito!

Conferência Internacional Cultura Global e Cosmopolitismo Estético
De 8 a 11 de Novembro: Terça, das 14h30 às 16h; Quarta, das 10 às 18h30, Quinta, das 9 às 20h e Sexta, das 10 às 18h
Terça, quarta e sexta: Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar, Bela Vista
Quinta: Sesc Vila Mariana, R. Pelotas, 141 – Vila Mariana
Gratuito. Inscrições pelo site

Bagagem: caminhada como prática poética

Foto: Fazenda Serrinha / divulgação
Foto: Fazenda Serrinha / divulgação

Que tal fugir no feriado de 15 de Novembro para se inspirar um pouco em meio ao cheiro do mato? A Fazenda Serrinha, um lugar para se conhecer, vai abrigar o Bagagem: caminhada como prática poética. E o que isso significa? Edith Derdyk, artista plástica, é que vai conduzir a programação. O programa Bagagem é um plataforma que visa juntar experiências distintas para investigar o enunciado “caminhar como prática estética”, proposto no livro “Walkscapes”, de Francesco Carerj, que se tornou prática de artistas e coletivos desde os anos 1960. O programa investiga, através das caminhadas por matas, espaços abertos e fechados, os modos de captar, registrar, interpretar e ressignificar poeticamente a relação entre o corpo, o olhar e o espaço, através do desenho, da fotografia, vídeo, escrita, performance e intervenção.

Bagagem: Caminhada como prática poética
De 12 a 15 de Novembro, chegada a partir de sexta-feira a qualquer horário na parte da tarde

Público: artistas, educadores, estudantes em formação e interessados em geral.
Fazenda Serrinha, Bragança Paulista
Custo: sob consulta por bagagem.caminhada@gmail.com

A linguagem é uma pele

Imagem: Erika Kuhn
Imagem: Erika Kuhn

O curso de escrita criativa do Go, Writers, é uma inspiração. Já fiz, curti e recomendo. A Linguagem é uma Pele tem dois módulos, divididos em dois dias. Serão aplicados exercícios focados em desbloqueio da criatividade, aprendendo a fugir do óbvio e a ordenar as ideias para que elas possm virar bons textos. O segundo dia é dedicado ao autoconhecimento, levando os alunos a repensar o próprio processo criativo e a responder perguntas como “pra que serve o que eu sei? pra quem serve o que eu sei?”. Curtiu? Corre lá que ainda tem vagas.

A linguagem é uma pele
24 e 25 de Novembro, das 20 às 23h
FFFront, Rua Purpurina, 199, Vila Madalena
Custo: R$ 400 + taxa do Sympla

Oficina Tradução Literária

Foto: @aaronburden / unsplash.com
Foto: @aaronburden / unsplash.com

Essa é bacana: a Fundação Biblioteca Nacional e a Casa Guilherme de Almeida – Centro de Estudos de Tradução Literária, vão abrir inscrições para uma oficina de Tradução Literária, em São Paulo (rola também no Rio, no dia 18/11). Quem coordena o curso é a tradutora norte-americana Katrina Dodson, que contará com a participação de tradutores já experientes. A oficina vai discutir e compartilhar os desafios da tradução do português para o inglê e vice-versa.  Acesse esse link para saber o que você precisa fazer para se inscrever e como funcionará o curso.

Oficina de Tradução Literária 
Dia 26 de novembro, das 14h às 18h
Casa Guilherme de Almeida – Centro de Estudos de Tradução Literária
Rua Macapá, 187, Perdizes, 
Inscrições: de 28 de outubro a 11 de novembro de 2016
Endereço para envio de inscrições: tradutoresbrasilfbn@bn.gov.br

Jornalismo de Viagem

Foto: SnapbyThree MY / unsplash
Foto: SnapbyThree MY / unsplash

Tá aí um curso que eu quero fazer. Está um pouco longe, mas bora planejar com antecedência. O Daniel Nunes Gonçalves, que ministra o curso, escreve uns textos deliciosos de viagem. Pode ser o tamanho que for, eu sempre leio na íntegra sem sofrimento. No fim de janeiro rola o curso intensivo de “Jornalismo de Viagem: Experiência da estrada e técnicas de reportagem e texto para escritores nômades”. A proposta é mostrar uma visão realista desta carreira que muita gente vê como um grande sonho. Afinal, ganhar para viajar, quem não quer?

Jornalismo de Viagem: Experiência da estrada e técnicas de reportagem e texto para escritores nômades
De 30 de Janeiro a 3 de Fevereiro 2017, das 19h30 às 22h30
Faculdade Casper Líbero. Av. Paulista, 900
Custo: R$ 450

*Foto destaque: Rita Morais/unsplash

2 thoughts on “Cursos em São Paulo para inspirar – volume 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *