Versões vegetarianas não tão comuns

Quando parei de comer carne há quase 20 anos – olha só eu entregando a idade – achar opções vegetarianas em restaurantes não especializados era beeem complicado (ainda mais no interior). Ainda bem que isso mudou bastante nos últimos anos. Apesar de ser difícil achar hoje um restaurante sem opções para nós, a figura muda um pouco quando falamos de pratos típicos em que na versão tradicional vai algum tipo de proteína animal.

Com tanta cevicheria, casa de lamen e tudo mais abrindo por aí, só um vegetariano sabe como é frustrante não poder experimentar as novidades. Esse post vem pra isso: mostrar que, apesar de ainda precisar melhorar muito, existem sim opções  sem carne dos pratos mais improváveis.

Ceviche

laperuana

Comida peruana anda bombando, não só em São Paulo mas também no mundo: Lima foi eleita nos últimos anos uma das capitais culinárias do planeta. Com isso, as cevicherias invadiram a cidade. Para quem procura uma versão vegetariana para chamar de sua, o La Peruana tem o Ceviche del Huerto, que conta com cogumelo paris, coentro, pimenta dedo de moça, cebola roxa, limão, aji amarillo, acompanhado de chips de batata doce e milho.

La Peruana
Alameda Campinas, 1357 – Jardins
Terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h; Sábado, das 12h às 16h e das 19 às 23h e domingo, das 12h às 16h
11 3885 0148

Acarajé

Versão com camarão e vegetariana do Tabuleiro
Versão com camarão e vegetariana do Tabuleiro

A gente sempre fala aqui do Tabuleiro do Acarajé, o melhor acarajé da cidade na nossa opinião. Na portinha ali do lado do Mackenzie é possível encontrar, além da versão tradicional, uma versão vegetariana, com bolinho, vatapá sem camarão, vinagrete e amendoim no dendê.

Tabuleiro do Acarajé
R. Dr. Cesário Mota Júnior, 611 – Vila Buarque
De terça a quinta, das 18h às 21h; Sábado, das 13h às 18h
11 95374 6357

Lamen

Reprodução Tan Tan Noodle Bar
Reprodução Tan Tan Noodle Bar

Lamen é aquela típica comida que deixa a gente feliz nesse friozinho. E a gente fica super feliz em saber que o Tan Tan quebrou um galho para a gente e fez o veggiemen, com caldo a base de missô, legumes e cogumelos. A dica de sempre continua aqui: chegue cedo porque o lugar fica bem cheio.

Tan Tan Noodle Bar
R. Fradique Coutinho, 153 – Pinheiros
Terça a quinta, das 19h às 23:30h; Sexta e sábado, das 19h às 00:30h; Domingo, das 19h às 23:30h – porém, é fechado no último domingo do mês.
11 2373 3587

Quiabada

Eu não sabia que gostava tanto de quiabo até comer a quiabada vegetariana do Jiquitaia. O prato não é fixo, e como sempre no almoço durante a semana, o cardápio varia e é preciso se informar quando tem. Outra dica: apesar de ser mais fácil de encontrar, a moqueca vegetariana de pupunha e banana da terra do lugar é uma das minhas preferidas de longe em São Paulo.

Jiquitaia
Rua Antonio Carlos, 268 – Consolação
Segunda, das 12h às 15h; Terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23:30h; Sábado, das 12h às 23:30h
11 3262 2366

Bibimbap

IMG_20160723_142401

É muito difícil achar comida coreana vegetariana aqui na cidade  ;-((((  e por isso saber que o Bueno Cozinha Oriental tem duas opções de bibimbap para a gente é de chorar de felicidade. A diferença entre os dois é o ovo: em um é com omelete e no outro, o ovo vem cru.

Bueno Cozinha Oriental
Alameda Santos, 835 – Jardins
Segunda a sextam das 11:30h às 14:30h e das 18h às 22:30h; Sábado das 12h às 15h e das 18h às 23h
11 2386 8035

Poke

20160718_125259

Falam que a comida havaiana é o hit desse ano de 2016. Prestando atenção em todos os restaurantes de poke que surgiram nos últimos tempos, no Pokee existe uma opção já montada de vegetariano, mas você também pode montar o seu, sendo a proteína no caso tofu e shimeji. Delícia.

Pokee
Rua Augusta, 2052 – Jardins
De segunda a sábado, das 11:30h às 15h

* Foto de capa: Alpha

Dani Valentin

Campineira que adotou São Paulo como cidade do coração. Botequeira e vegetariana, ela ama histórias curiosas e obscuras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *