Napoli Centrale: a pizza democrática do Mercadão de Pinheiros

Que o Mercado de Pinheiros está virando o paraíso para quem gosta de comer bem, isso quase todo mundo já sabe. E quem ainda não sabe, ponha-se ciente disso. Se um dia você estiver em um dilema de onde comer na região do Largo da Batata, corra para o Mercadão. Satisfação garantida para todos os paladares e bolsos!

E há pouco tempo, esse canto gastronômico da cidade ganhou mais um reforço. E reforço dos bons! Inaugurada há poucos dias, a Napoli Centrale, uma pizzaria tipicamente napolitana, veio trazer os melhores sabores italianos em forma de saborosas pizzas fritas ou assadas, e petiscos deliciosos.

20160630_125325

Em um balcão vermelho e longo, as pizzas, que são mais ou menos como uma brotinho, com 4 fatias, são servidas sem talheres, em um pedaço de papel pardo para serem comidas com as mãos. Você pode escolher entre sentar-se ao balcão, em uma das mesas distribuídas em frente à casa, ou ainda do lado de fora, onde uma atendente vai receber seu pedido por uma janelinha na parede.

No menu, ainda aparecem versões de pizzas fritas e beliscos em cones de papel, como arancini com ragu de linguiça, bolinho de polenta, croqueta de maminha na cerveja e tempurá de legumes, custando entre R$8 e R$20.

20160630_130639-2

As pizzas têm 5 sabores fixos e uma pizza do mês, cujo sabor muda mensalmente. Os preços? Ah, esses são de tirar o chapéu! As mais tradicionais, como marguerita, custam R$15. Já a calabresa custa R$ 20, a de salame artesanal R$ 25 e a do mês, R$ 30.

Na versão frita, as pizzas são mergulhadas no óleo depois de fechadas como um calzone e os sabores variam entre ricota fresca com provolone defumado, calabresa na cachaça e escarola, todas custando entre R$15 e R$18.

20160630_130249

Além das pizzas deliciosas, do balcão vermelho e do preço, outra coisa que chama muito a atenção na casa é o lindo forno em ferro fundido, que foi trazido da Itália, sendo um dos poucos no mundo que funcionam a gás. Nele, a pizza fica pronta em menos de 2 minutos e a massa fica estupidamente saborosa, além de leve e com elasticidade.

Para beber, a gama de opções não é pequena. De drinques tradicionais, a casa oferece taças de vinho com preços bem acessíveis, cervejas artesanais exclusivas como a Porco Loco Vienna Rost,  uma Vienna Lager e a Porco Loco Oink IPA, uma India Pale Ale, ambas produzidas em Santa Catarina.

20160630_130049

Para os que não querem se aventurar no álcool em plena luz do dia, a casa oferece chás gelados e sucos deliciosos. Como é o caso do excêntrico suco de butiá, mel e raspas de laranja. O butiá, para quem não é gaúcho, é uma frutinha muito comum no Rio Grande do Sul e tem um sabor azedinho, que lembra de longe, mas bem de longe, o maracujá. Não deixe de provar!

A Napoli Centrale definitivamente veio para democratizar com qualidade esse prato tão amado pelos paulistanos.

Napoli Centrale 
Mercado Municipal de Pinheiros –  Rua Pedro Cristi, 89 / Piso Superior – Pinheiros
De segunda à sábado, das 8h às 18h
11 3031.1689

Jo Machado

O Jo é um amante curioso, fiel e sem firulas da cidade. Adora vê-la fluir. Ver suas ruas cheias de vida e histórias. Fica feliz com os causos da cidade de outrora e gostaria de ter vivido por aqui também em outras épocas. Ama a diversidade da cidade, com ênfase na vasta gastronomia presente por aqui. Ele lambe os beiços só de pensar, acredite.

One thought on “Napoli Centrale: a pizza democrática do Mercadão de Pinheiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *