Centro Cultural São Paulo: um espaço onde todas as tribos se encontram

Tendo completado recentemente 34 anos, o Centro Cultural São Paulo é um exemplo de espaço democrático para todas as tribos. Lembro que frequentava este espaço desde a adolescência quando ia estudar para o vestibular ou me reunia com o grupo da faculdade para fazer trabalhos. Com sua programação de teatro, cinema, shows, concertos, exposições, biblioteca, hoje o CCSP é também ponto de encontro para grupos amadores de dança que ensaiam seus passos no espaço. Ao visitar o Centro Cultural aos finais de semana, é surpreendente o número de jovens dançando em cada canto do prédio em todas as vertentes e estilos, desde dança de rua à dança de salão.

Jardins do CCSP - Foto: João Mussolin

Um dos destaques fica por conta da extensa área acessível pela entrada principal, que é reduto de fãs de K-Pop que passam os finais de semana ensaiando coreografias. O interesse pela dança acabou atraindo também um público dedicado aos jogos de RPG que, quando se encontram, aproveitam para trocar ideias e estratégias vencedoras.

Rádio Tatu

O território da música se estende também a uma plataforma radiofônica – a Rádio Tatu (FM 94,7)- que transmite programas idealizados por colaboradores e que tem como objetivo democratizar a mídia por meio da experimentação e da descoberta da possibilidade da web rádio. Uma vasta programação inclui também o projeto Ateliê Sonoro e uma visita à coleção da Discoteca Oneyda Alvarenga, que oferece, entre outros, o acesso a partituras, discos e CDs. Propostas de programas de rádio podem ser enviadas p elo e-mail: dace.ccsp@gmail.com. Para ouvir, acesse o site ou sintonize a FM 94,7.

Oficina Mao na roda, realizada no Centro Cultural de sao Paulo
Oficina Mao na roda, realizada no Centro Cultural São Paulo – Foto: João Mussolin

Diversidade: oficinas de bicicleta, biblioteca e gibiteca

Apaixonados por bicicletas e ciclistas têm também o seu território assegurado no CCSP. A Divisão de Ação Cultural e Educativa (DACE) realiza o projeto Centro Cultural, Seu Próprio, com o intuito de conhecer seu público. Nesse sentido, realizou uma parceria com a Ciclocidade para a realização da oficina Mão na Roda, um espaço coletivo de aprendizado e prática de manutenção de bicicletas. A oficina funciona de terças, sábados e domingos.

Para os amantes da leitura, a biblioteca do CCSP conta com um acervo de 120 mil livros e documentos que são disputados em amplos espaços de leitura e de convívio.  Há ainda a Gibiteca Henfil, que abriga uma coleção de 10 mil títulos entre quadrinhos, gibis, periódicos e HQ e a BiCus – Biblioteca de Culturas Surdas, que oferece um serviço de atendimento à comunidade surda.

Foto : João Musselin
Foto : João Musselin

Vale a pena também conhecer a arquitetura do Centro Cultural São Paulo: de concepção arrojada e totalmente integrado no terreno em declive sobre a Av. 23 de Maio; o desenho é uma junção de curvas, amplos espaços, jardins e passarelas que descortinam um universo cultural para todos os olhares. A Sala Adoniran Barbosa dá acesso aos jardins externos e ao amplo anfiteatro aberto que recebe luz através das janelas envidraçadas do edifício. Amplas áreas de exposição são acessíveis pelo Piso Caio Graco ou pelo Piso Flávio de Carvalho. O espaço conta ainda com jardim suspenso, jardim das esculturas, sala de cinema, restaurante e café.

No jardim suspenso acontece exibição de filmes, piqueniques, pequenos eventos que reúnem DJs, food bikers, além de ser um espaço gostoso para curtir num dia de sol com os amigos.

Sala Adoniran Barbosa - Foto: João Mussolin
Sala Adoniran Barbosa – Foto: João Mussolin

Espaço multicultural

De concepção crítica e acesso democrático, desde a sua inauguração, em 13 de maio de 1982, o CCSP é um convite à exploração de territórios culturais amplos, diversificados e totalmente integrados ao espaço urbano. As obras, iniciadas em 1978, tinham por objetivo adaptar um projeto de biblioteca a um centro cultural multidisciplinar, promovendo o acesso livre a vários materiais. Sua concepção de vanguarda contou com espaços para recitais e concertos, ateliês e áreas de exposições, em uma obra que nasceu do desejo de oferecer o acesso à informação ao paulistano.

PROGRAMAÇÃO CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

TEATRO

De 18/6 a 10/7 – sextas e sábados, às 21h; domingos, às 20h
II Mostra de dramaturgia em pequenos formatos cênicos | Sala Jardel Filho
Ingressos a R$ 3,00 (limitados a dois por pessoa), na bilheteria do CCSP, duas horas antes do início do espetáculo

Dias 25 e 26/6 – sábado e domingo | 16h
Do outro lado do oceano – Mostra portuguesa de teatro para infância | Sala Jardel Filho
Ingressos grátis (limitados a dois por pessoa), na bilheteria do CCSP, uma hora antes do início do espetáculo

INFANTO-JUVENIL

De 4 a 26/6 – sábados e domingos | 14h30
Balaio de doi2 | Conversas Diversas | Sala de Leitura Infanto-Juvenil da Biblioteca Sérgio Milliet

CURSOS E OFICINAS

De 11/5 a 30/11 – quartas – das 13h às 17h
Ateliê sonoro | Estúdio de Rádio do CCSP
Livre e grátis – sem necessidade de inscrição (por ordem de chegada) | 15 vagas por oficina

Próximas oficinas:
29/6 – quarta – 14h
Captação de áudio para web rádio

Confira a programação completa de atividades do CCSP no site.

Centro Cultural São Paulo
Rua Vergueiro, 1000, Paraíso, metrô Vergueiro
Tel.: (11) 3397-4002.
Horário de funcionamento das bibliotecas: De terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados das 10h às 18h. Checar horário de peças teatrais, shows e cinema no site.

Por Rosana Bignami, edição Patrícia Ribeiro do blog Passeios Baratos em SP

banner-pb

_______________________________
Foto destaque: Sônia Parma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *